O que é mais grave no mundo dos concursos: matar alguém queimado ou ter uma tatuagem ofensiva?

No último fim de semana, tive um debate interessante com uma professora da minha pós-graduação (Direito Público), Dra. Noêmia Porto, juíza do trabalho e vice-presidente da Anamatra (Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho). Falamos, dentre outros assuntos, da restrição ao acesso a cargos públicos.

Continue lendo “O que é mais grave no mundo dos concursos: matar alguém queimado ou ter uma tatuagem ofensiva?”

Quanto tempo o trabalhador pode trabalhar de pé, sem tirar pausa para descansar?

Imagine um vigilante de um estabelecimento comercial trabalhando sentado, em uma poltrona grande e confortável. Difícil de imaginar, não é? A primeira imagem que vem a nossa cabeça é de um vigilante em pé, atento, com postura rígida e com fácil acesso aos seus armamentos presos ao uniforme.

Continue lendo “Quanto tempo o trabalhador pode trabalhar de pé, sem tirar pausa para descansar?”

Blog no WordPress.com.

Acima ↑